Temperatura

Autentique-se

Dia da Conscientização do Autismo movimenta secretarias de Educação e Saúde em Marilândia


Publicado em: 02/04/2018 15:53 | Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação | Autor: Rodrigo Carvalho / Larissa Damasco

 

Dia da Conscientização do Autismo movimenta secretarias de Educação e Saúde em Marilândia

Alunos participaram de várias atividades relacionadas ao tema.

Escolas municipais e unidades básicas de saúde desenvolvem atividades para tratar sobre o tema que especialmente neste dia 02 de abril está sendo debatido ao redor do mundo.

 

O dia 02 de abril marca o debate sobre um tema importantíssimo, que muitas vezes passa despercebido, o Autismo. A data foi escolhida como o dia Mundial da Conscientização. A ideia surgiu para abordar o maior número de pessoas sobre o assunto, e derrubar algumas barreiras de preconceito e descriminação.

Os transtornos do Espectro Autista (TEA), são sinais particulares que causam problemas no desenvolvimento da linguagem, nos processos de comunicação, na interação e comportamento social.

Durante a semana passada e também nos próximos dias as escolas municipais de Nova Amoreira, Ângelo Müller Filho, Marcionillo Tibúrcio e Centro de Educação Infantil Paraiso desenvolvem atividades específicas sobre o tema com os alunos.

“Esse momento é muito importante porque o ambiente em que os alunos autistas estão inseridos, precisa ser de inclusão, quanto mais a comunidade falar sobre o tema, menos teremos rastros de preconceito, que não leva a nada de positivo, e só existe pela falta da divulgação de informações sobre o tema.” Afirmou Ionice Pereira, Secretária de Educação de Marilândia Do Sul.  

A Secretaria de Educação realiza um trabalho multidisciplinar, onde todos os alunos com sinais de Autismo, além das aulas em salas regulares, recebem atendimento de diversos profissionais, como Fonoaudiólogos, Psicólogos e Professores de reforço escolar.

Nesta segunda-feira a Escola Municipal Marcionillo Tibúrcio desenvolveu ações com os alunos. Um dos destaques foi a exibição de um vídeo educativo da turma da Mônica sobre o autismo. O desenho conta algumas aventuras de uma criança que tem esse tipo de transtorno.  

A Professora Nilva Marques, que trabalha na escola especial com os alunos que possuem o Autismo, trouxe algumas informações importantes que ajudam a compreender melhor o tema. Além disso, os alunos puderam confeccionar cartazes e faixas relacionadas ao assunto.

Na Secretaria de Saúde, o empenho em desenvolver ações sobre a Conscientização do Autismo, não é diferente. As equipes das unidades básicas de saúde da região central e dos bairros, deixaram o ambiente enfeitado de azul, cor definida como símbolo do Autismo.

Segundo informações repassadas pela Secretaria de Saúde de Marilândia, que elaborou um estudo de dados nacionais,  1 em cada 68 crianças  possui o Transtorno do Espectro Autista no Brasil. Na maioria dos casos, o diagnóstico é feito em meninos, daí a cor azul, como símbolo das campanhas de conscientização.

“Sabemos que não existe nenhuma pessoa com autismo igual a outra, cada uma tem sua particularidade. Nossas equipes, tanto Educacionais, como de Saúde, sempre estão atentas para que os casos sejam diagnosticados com agilidade e principalmente que os nossos serviços possam proporcionar mais qualidade de vida e desenvolvimento nas mais variadas áreas a essas pessoas com Transtorno do Espectro Autista.” Comentou Maria Berçaline, Secretária de Saúde de Marilândia do Sul.

 


Leia também

Assessoria de Comunicação

Primeiros convocados no concurso municipal assumem funções

02/04/2018 15:53

Assessoria de Comunicação

Evento sobre Autismo acontece nesta sexta em Marilândia

02/04/2018 15:53

Assessoria de Comunicação

Iluminação do Ginásio Mário Leão recebe melhorias

02/04/2018 15:53